Trono Negro
Seja bem vindo a Trono Negro

Registre-se primeiramente e leia a mensagem de boas vindas em sua caixa de Mensagens Privadas

Wellcome to the jungle..


Fórum, destinado à Play By Forum, utilizando o sistema de RPG Vampiro: A Mascara produzido pela White Wolf.
 
InícioGaleriaPortalFAQMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A casa Das Nagaraja

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Caliban Infersarre
Ancião Príncipe
Ancião Príncipe
avatar

Nº de Mensagens : 2036
Idade : 483
Localização : Empire state
Descrição física : Caliban Infersarre é um homem consideravelmente de estatura mediana, suas roupas antiquadas refletem sua idade avançada e seu rosto repugnante é escondido por uma mascara de ferro com uma aparência muito rústica, muitos a confundem com uma mascara de ouro maciço, sua mãos são cobertas por luvas de couro, pretas e sua voz, contem um forte e arrastado sotaque russo.
Data de inscrição : 26/11/2008

MensagemAssunto: A casa Das Nagaraja   Sex 28 Nov 2008, 20:13



De um pesadelo de horror e de uma lenda, surgem os Nagaraja. Uma linhagem bizarra de bruxos canibais, estes vampiros têm sido caçados até quase a extinção nas noites modernas por inimigos políticos e por fantasmas que foram aprisionados por elas. Alguns destes monstros ainda perambulam pelas trevas, mas felizmente elas são muito poucas.

Os Nagaraja nunca deram muito valor às suas origens, mas alguns Membros mais informados suspeitam que elas vieram de um culto da morte no Meio-Leste. Sussurros de uma conexão arcana com outros magos também sobressaem quando os Nagaraja são o assunto. Os rumores e fatos a respeito destes membros são quase inseparáveis – existem muito poucos Nagaraja para que se pergunte as coisas à elas diretamente, e nenhuma parece seguir as “tradições” de qualquer maneira. Alguns pensam que se elas são Caimitas mesmo ou, ainda, uma experiência falha, repetindo o resultado dos Tremere.

Sendo Membros de uma seita que se auto denomina Mão Negra (mas aparentemente distinta do Sabá), as Nagaraja têm um pouco de impacto nas noites modernas. Elas são as grandes guardiãs de segredos malignos, porém, e comandam uma magia da morte igual ou ainda maior que a dos Giovanni.
Como todos os Necromantes, os Nagaraja geralmente têm alguma vaga ligação com os Venezianos, mas nada disso pode limitar os conhecimentos da linhagem sobre os mortos.


Seria errado dizer que os Nagaraja caíram em desgraça, porque elas nunca gostaram desses período da “graça”, mas mesmo assim, a linhagem perdeu muito. Seus Membros restantes somam não-vidas desprazerosas, solitárias, e muitos são assombrados pelos espíritos que uma vez comandaram. O hábito “dietético” dos Nagaraja também conspira para mantê-los longe dos outros Membros, que não gostam de qualquer tipo de alimentação, muito menos de carne morta de humanos. Ainda, uma meia dúzia de Nagaraja persiste, recolhendo terríveis segredos da magia da morte e aterrorizando às margens da sociedade vampírica.


Apelido: Canibais

Seita: Os poucos Nagaraja que existem são Membros da Mão Negra.

Aparência: A maioria dos Nagaraja se veste singelamente, já que sua fraqueza já chama atenção suficiente pra elas: elas se vestem como as pessoas à sua volta. Fisicamente, muitos Nagaraja têm aparências Norte Africanas, asiáticas ou do Meio Oeste. Tendo a pele um tanto escura, como vampiros, esses indivíduos geralmente têm a pele descamada, e bastante cinzenta. Diferente dos outros vampiros, os Nagaraja não têm as presas convencionais, que se retraem; ao invés disso, todos os seus dentes são vagamente pontiagudos. A maioria dos Nagaraja também carrega adagas de sacrifício, punhais e outros instrumentos cortantes, que eles podem usar para cortar a carne que os sustenta. Alguns boatos rondam, dizendo que eles têm um “terceiro olho” similar aos do Salubri, mais nenhum deles se provou real até hoje.


Refúgio: Quando eles têm o desejo de estabelecer um refúgio permanente, os Nagaraja tipicamente preferem criar moradias confortáveis, que podem ter laboratórios e outras “facilidades de estocagem” para seus recipientes. Estes refúgios geralmente tendem a ser macabros, e podem ser encontrados em lugares como mausoléus, prédios abandonados, hospitais interditados ainda condomínios super protegidos. Qualquer lugar que os Nagaraja possam cultivar uma certa privacidade pode se tornar seu refúgio.

Antecedentes: O nº de Nagaraja é tão pequeno que não existe generalização quanto aos seus Antecedentes. Alguns eram sacerdotes ou cultistas em suas vidas mortais, e alguns poucos tinham menos de 40 anos de idade quando foram Abraçados. Muitos parecem pessoas bem sucedidas, o que esconde bem suas excentricidades.

Criação de Personagem: Nagaraja geralmente têm Conceitos e Natureza solitários e egoístas, apesar de seu comportamento poder ser qualquer um. Atributos Mentais são priorizados, assim como Conhecimentos. Os Antecedentes mais comuns para os Nagaraja são os Contatos, Recursos e Lacaios, apesar de alguns Mentores malucos Abraçarem. Poucos Nagaraja se importam em manter sua Humanidade, preferindo muitas vezes a Trilha da Morte e da Alma ou a Trilha dos Ossos.

Disciplinas: Auspícios, Dominação, Necromancia.

Fraquezas: As Nagaraja precisam de carne crua além do sangue para sobreviver. Apesar desses Membros poderem sobreviver somente com sangue, seu corpo atrofia se eles não comerem a carne humana – para cada noite que a Nagaraja deixa de comer carne, ela perde um dado cumulativo em todas as paradas de dados que tenham Atributos Físicos. Comendo o equivalente a 1 ponto de carne faz com que o vampiro recupere um dado dessa Parada de dados até que o vampiro esteja completamente “recuperado”. O corpo humano tem 10 “pontos de carne”, que funcionam exatamente como os pontos de sangue: uma Nagaraja que consuma um ponto de carne aumenta seu número de pontos de sangue em 1. Mas ao contrário dos pontos de sangue, tirando um “ponto de carne” de um vaso sangüíneo dá 1 nível de dano letal no vaso, tal que não se pode absorver esse dano. A carne consumida pelos Nagaraja deve estr relativamente fresca, mas não necessariamente “viva”. Sem dúvida, alguns Nagaraja mantém escondidos em seus refúgios alguns corpos Ritualisticamente preservados, e rumores de “devoradores de Membros” os seguem também. Esta fraqueza não permite que os Nagaraja consumam outros tipos de comida ou bebida.

Organização: Até que uma guerra catastrófica com os habitantes do Mundo Inferior destruiu a seita à qual eles pertenciam, os Nagaraja congregavam com as terras dos mortos. Já que estavam sendo forçados a sair desse campo, porém, alguns Nagaraja permaneceram e fizeram seus próprios destinos, deixando sua mínima organização pra trás. Uma cabala de Nagaraja é conhecida por ter ido procurar proteção entre os Cartagineses da Coréia, mas suspeita-se que este pequeno grupo é uma anomalia. Ultimamente, os Nagaraja são muito poucos para ser uma grande estrutura de linhagem, e são completamente isolados, estranhos solitários quando são encontrados. Raramente encontram outros de sua própria linhagem, já que escondem seus preciosos segredos de qualquer outro, inclusive dos de seu próprio clã.

Mote: "Eu vi o inferno – e fiz de suas crateras meu refúgio. Vá embora antes que eu o mande pra lá."
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://trono-negro.vampire-legend.com/
 

A casa Das Nagaraja

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Trono Negro :: Livro dos mortos. :: O guia do Jogador :: Sistemas e Regras :: Informações sobre clãs-