Trono Negro
Seja bem vindo a Trono Negro

Registre-se primeiramente e leia a mensagem de boas vindas em sua caixa de Mensagens Privadas

Wellcome to the jungle..


Fórum, destinado à Play By Forum, utilizando o sistema de RPG Vampiro: A Mascara produzido pela White Wolf.
 
InícioGaleriaPortalFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Eu so era mais um vendedor de carros [Parte 1]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Caliban Infersarre
Ancião Príncipe
Ancião Príncipe


Nº de Mensagens : 2036
Idade : 482
Localização : Empire state
Descrição física : Caliban Infersarre é um homem consideravelmente de estatura mediana, suas roupas antiquadas refletem sua idade avançada e seu rosto repugnante é escondido por uma mascara de ferro com uma aparência muito rústica, muitos a confundem com uma mascara de ouro maciço, sua mãos são cobertas por luvas de couro, pretas e sua voz, contem um forte e arrastado sotaque russo.
Data de inscrição : 26/11/2008

MensagemAssunto: Eu so era mais um vendedor de carros   Dom 21 Jun 2009, 05:11

Me chamo Rylan, escrevi estas linhas em meu leito de morte, irei contar para voces como tudo aconteceu, foi a dois anos atras....

Eu era somente mais um vendedor de carros importados em um pequeno e monótono municio de Rockchester no estado de new York, fui até um bom estudante, cheguei a quase me formar na faculdade, mas isto não interesa aqui, eu era somente um vendedor de carros importados, mas por maldição eu era negro... Parece que escrevo isto com dó de si mesmo, talves seja, talves não.
Era somente mais um dia naquele município do qual eu vivia, estava na loja, faltava menos de uma hora para o meio dia, horário de almoço, estava me perguntando a si mesmo sobre o meu salário como ele seria este mês, não teria vendido quase nenhum carro e já estávamos na segunda semana do mês, até que entrou uma mulher na loja, observei por uns instantes antes de ir até ela, usava um topsinho branco com detalhes pretos era possível notar seu situa branco por baixo, seios fartos aquela mulher tinha, um rosto lindo, cabelo louro liso, olhos da cor do céu, uma cintura que parecia mais ter sido desenhada pelas próprias mãos de Leonardo da Vinci, até que meu supervisor me chama atenção eu estava tão entretido na mulher que havia se esquecido de ir atendê-la, abro um sorriso deixando a mostra meus dentes brancos que se destacavam com minha pele escura, ajeitava o palito em quanto andava em sua direçao, por sua vez, ela repara que seria atendida por min, um lindo sorriso em meio de sua bela face era chamativo demais, não tanto quanto os seus lábios que eram mordidos...

- O E53 é a primeira geração do utilitário esportivo X5 da BMW. Recentemente o X5 recebeu uma pequena reutilização além de ter ficado maior e mais potente, desculpe sou Rylan. Vejo que a senhora esta procurando um bom carro, poderia ajudar?
- Bom dia claro, claro Rylan certo? Sou Jenipher, estou procurando um carro esportivo, me recomendarão esta loja p.....

As palavras daquela mulher penetravam em minha cabeça, sua voz doce e macia me fazia sentir como um adolescente bobo de 14 anos, ela estava ali em minha frente, “jenipher um lindo nome, ela esta falando, mas não paro de pensar e olhar para ela e sem falar que rosto lindo ela tem, que corpo”

Jenipher – Rylan?
Rylan – A sim, sim com certeza, eu recomendo este modelo para senhora, um carro esportivo como este seria excelente para uma mulher eu olhava rapidamente para suas mãos, procurando uma possível aliança, e seus dedos lindos e finos não havia nem marcas de anéis como a senhora, podemos também implantar alguns acessórios ao carro se desejar.

Jenipher – Bem, Rylan, poderíamos marcar um almoço para daqui a pouco? Poderíamos falar melhor sobre isto – Jenipher passava o dedo em meio de seu peito, uma maneira clara e vulgar de seduzir um homem, mas dera certo comigo, horas estava a quase um ano sem transar com uma mulher – então você aceita?

Rylan – Claro que sim mesmo eu sabendo que seria contra a política da loja aceitar um convite de um cliente – Tome meu cartão - antes mesmo de entregar o meu cartão a ele, anotei meu celular particular, ela fazia um gesto singelo com a cabeça e saia pela mesma porta que acabara de entrar, fiquei ali por alguns instantes vendo o rebolar seu quadril será um esplendor, aquela mulher parecia mais com a Maggie Rice do filme cidade dos anjos, mas neste caso ela era Seth o anjo que caíra do céu e eu o mero mortal que sonhara em alcançar as alturas.

Meus pensamentos eram quebrados pelo meu supervisor que coloca a mao sobre meu ombro dizendo em seguida

- Vai lá Rylan, prometo que não conto para ninguém, quem sabe assim você consiga vender melhor – falava ele de maneira sarcástica.

Eu simplesmente fazia um sinal simples com a cabeça, e ia para dentro da loja, esperaria dar o horário do almoço, e iria torcer que Jenipher me liga-se para irmos almoçar juntos



Dava o horário do meio dia, as portas da loja eram fechadas, pelo visto havia ganhado um bolo daquela mulher, meu supervisor me olhava perguntando.

-Vem almoçar conosco Rylan?

Após seu convite antes mesmo que pudesse responder, meu celular tocava, olhava em seu visor era uma chamada desconhecida pensei na hora “Jenipher” atendi com um simples “alou” tentando não demonstrar que eu estava esperando a mesma ligação.

- Rylan? Aqui é jenipher tudo bom? Então venha aqui na esquina, estou lhe esperando em meu carro, um sedan prata.

-Tudo sim, ok já estou indoEntão virava ao meu supervisor dizendo – Não, não obrigado, já tenho companhia – o sorriso estampando em meu rosto era notório, tentava disfarçar mas não se era possível a aquela altura do campeonato, fui até a esquina que jenipher havia mencionado e lá estava o sedan prata que ela havia mencionado, ao olhá-la dentro do carro deixei escapar um sorriso de excitação, aonde recebia outro de jenipher, abria a porta do carro e perguntava em seguida – Aonde vamos almoçar Jenipher? – triste não ter ligado os pontos antes de entrar no carro, a placa do veiculo era mais do um aviso para que eu volta-se para almoçar com meus companheiros de serviço, “KKK” era as três letras iniciais da placa, seguido de 4 numero “1865”.

Jenipher – Me chame de jeni, vamos almoçar no “Divina Dish” conhece? Era somente um dos melhores restaurantes da cidade de rockchestes ficava a 5 minutos da minha loja, dei uma resposta rápida e curta para jenipher, para ver se ela dava continuidade a algum assunto “Sim” foi que disse a ela – Então Rylan, tem filhos? Por que casado eu acho que não é né?

Deixei escapar um segundo sorriso, seguido de uma risada curta – não, não tenho filhos tão pouco sou casado ou fui, e você jeni, que uma mulher tão bela como você faz solteira? ela me olhava seria, em seguida soltava um belo sorriso e para um bom entendedor meia palavra basta Certo, certo, compreendo jeni, mas e então, o que faz da vida? Como sabe sou um mero vendedor de carros Importados.

Ela sorria, parecia gostar do que eu acabava de falar, não, não foi por que eu era um vendedor de carros como você acabou de pensar, era pelo motivo que eu me diminuísse em minha fal, entao ela respondia minha pergunto apos seu sorriso – Sou acionista, ando de cidade em cidade Rylan, tenho que visitar um monte de empresas aonde tenho um monte de reuniões mais chatas ainda ...

Antes mesmo de ela terminar de falar, chegávamos no dito restaurante, Divina Dish..


Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://trono-negro.vampire-legend.com/
Victor
Criança da noite
Criança da noite


Nº de Mensagens : 153
Idade : 26
Localização : Newark
Descrição física : Victor é alto \190 cm\ com traços europeus, sem grande beleza física, compensa com um sorriso marcante e carismático. Branco com músculos definidos mais não exagerados, olhos azuis, roupas leves que acabam por evidenciar mais suas muitas tatuagens em uma figura magnética. Alem das roupas vistas carrega também uma mochila às costas. Ver -> Avatar e Assinatura.
Data de inscrição : 06/09/2009

MensagemAssunto: Re: Eu so era mais um vendedor de carros [Parte 1]   Seg 07 Set 2009, 12:41

Aguardando a Continuação. cheers

Só uma coisa ela não é Vampira não é mesmo? Afinal eles Foram almoçar e ate agora a historia se passa durante o dia. Leia se Sol na testa. sunny
Voltar ao Topo Ir em baixo
Richard Van FLeet
Sub- Narrador
Sub- Narrador


Nº de Mensagens : 1115
Idade : 70
Localização : New York
Data de inscrição : 22/12/2008

MensagemAssunto: Re: Eu so era mais um vendedor de carros [Parte 1]   Seg 07 Set 2009, 22:58

Meu Deus da onde saiu tal baderneiro??...¬¬....aff....*abstinência aguda por falta de crônicas detect***

_________________________________________________


*just "Sr. Fleet"
Sub - Narrador Camarilla...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Victor
Criança da noite
Criança da noite


Nº de Mensagens : 153
Idade : 26
Localização : Newark
Descrição física : Victor é alto \190 cm\ com traços europeus, sem grande beleza física, compensa com um sorriso marcante e carismático. Branco com músculos definidos mais não exagerados, olhos azuis, roupas leves que acabam por evidenciar mais suas muitas tatuagens em uma figura magnética. Alem das roupas vistas carrega também uma mochila às costas. Ver -> Avatar e Assinatura.
Data de inscrição : 06/09/2009

MensagemAssunto: Re: Eu so era mais um vendedor de carros [Parte 1]   Seg 07 Set 2009, 23:52

Sai da onde? Do Google oras. Purpurina excessiva, a tinha qui ser mesmo toreba. \Prendendo ele nus pneus e jogando gasolina\ Mais e ae rapaz, que to no tédio e verdade. \Tacando fogo\. bounce bounce bounce + já tó + Feliz. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Eu so era mais um vendedor de carros [Parte 1]   Hoje à(s) 20:56

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Eu so era mais um vendedor de carros [Parte 1]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Trono Negro :: Baboseiras e tolices (Espaço off) :: Espaço para Contos.-