Trono Negro
Seja bem vindo a Trono Negro

Registre-se primeiramente e leia a mensagem de boas vindas em sua caixa de Mensagens Privadas

Wellcome to the jungle..


Fórum, destinado à Play By Forum, utilizando o sistema de RPG Vampiro: A Mascara produzido pela White Wolf.
 
InícioGaleriaPortalFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 A inquisição no Século XXI

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pierre Moonsrapier
The Collector
The Collector


Nº de Mensagens : 1456
Idade : 49
Localização : Newark - Zona Leste
Descrição física : Pierre é um homem alto (182cm) e negro. O rosto largo com um óculos com as lentes redondas, um sorriso estranho e branco contrastando com a cor da pele. Sempre anda bem vestido o que dá ao Ductos um ar mais social do que realmente é.
Data de inscrição : 28/03/2009

MensagemAssunto: A inquisição no Século XXI   Seg 05 Jul 2010, 23:55

Aquelas noites foram quentes, as fogueiras da Inquisição foram reacendidas e o medo tomou o coração dos vampiros mais uma vez. Os Inquiritores do Sabbath, surgiram na cidade, primeiramente como uma sobra, assassinando na mortalha, e espionando por entre os prédios.

O que eles queriam? Os Infernalistas.

Seu principal suspeito? Vossa Exelencia o Arcebispo.

Aquele tempo foi assombroso, bandos destruíram uns aos outros afim de prestar serviços, aos inquiritores e ao arcebispo, ninguém sabia quem era quem, ninguém sabia porque os inquiritores estavam ali, ninguém sabia porque papa era suspeito. Ninguém Vírgula.

Papa Kumpa e Bicho-Papão.

Havia em cima de sua mesa dois bonecos de voodoo, um parecia com uma mulher, com muitos adornos e outro um homem negro. Papa sabia quem eles eram, os dois Bispos. Hamiki: A mão Negra. E Aisha: Senhora das Serpentes. Ambos os bonecos tinham uma agulha em cada mão esquerda.
- Papa, você o que deseja? A mulher fora rápida em se apresentar. Logo porque morava sobre o mesmo teto.

- Tranque o Armário, e só o abra amanhã. Disse o Papa, ainda mergulhado em pensamentos e na fumaça de seu charuto. - As 20:00. É só. Monzele. Retirando o chapéu, ainda sem olhar para a bispa e dispensando-a. E ela saiu sem entender muito, mas sem questionar.

Hamiki não chegou, e Kumpa não é homem de esperar pelos mortos, sua noite seria para enfrentar as mentes ligadas a sua mente, a loucura ligada ao seu mundo, o mundo ligado ao paradoxo sem forma, e ele faria isso trancado em seu armário. O Quarto de Papa era luxuoso, móveis feitos a mão, de séculos atrás, cortinas pesadas e pouco empoeirados. Num dos cantos, como se não fosse pertencente aquela extravagância antiga, uma caixa. O armário. Papa se abaixou até ele, faltavam 3 minutos para as 20:00, e entrou dentro dele, o lugar era apertado demais, e ele tinha que manter as pernas recolhidas e a cabeça inclinada para se manter dentro. Aisha apareceu na porta, bateu duas vezes e entrou, caminhou até o armário, com uma corrente e um cadeado.
- 24 horas, Papa?
- Como sempre, Monzele.
E aquelas 24 horas, seriam longas e perturbadas como todas as outras 24 horas que ele se trancava com o bicho-papão.

No meio da loucura ele encontrou três palavras: "Verdade sobre o Arcebispo" "Infernalistas" e "Beelzebub".

(...)

Então os Inquiritores chegaram, Papa soube de tudo antes, e anunciou a vinda deles como um profeta para os seus aliados mais fiéis, os bispos que foram chamados.

(...)

As fogueiras se acenderam e dentro delas bandos inteiros arderam nas chamas do pecado. Criaturas vindos do velho mundo, senhores de poder e de glória, tropeçaram na Jihad de Poder em Newark, sem ao menos se dar conta.

(...)

Pierre Moonsrapier, era fiel a Papa, porque? Ele mesmo não tinha certeza, mas fora dado a honra de se tornar um ductos, quando recem abraçado, e este deveria retribuir ao Papa. Os Arautos ainda contavam com Isabele, que era cria de Aisha, braço de Papa. E Hamiki era o bispo que governava o porto. Os Arautos, o bando que governavam tudo a sua volta. Era claro para os Inquiritores que eles eram leais ao infernalista Papa. E eles foram até certo ponto.

(...)

A metamorfose do Mundo.

O professor de história, havia sido agarrado, pelas trevas, enquanto os outros 3 homens tentavam pegar suas armas, o Jipe verde, subio a calçada e atropelou dois deles, e parou nas mãos do homem que estava envolto em trevas. A mulher saiu de dentro do carro com garras grandes nas mãos e presas a mostra. O homem maior que veio ao seu caminho, caiu com as tripas a mostra. O professor de história, se debateu e conseguiu se livrar das trevas e pulou no lasombra pelas costas, rasgando-lhe o peito e o fazendo gritar de dor e ódio.

A luta fora violenta, mas no final sobrou um corpo que parecia ter morrido há vários anos, 3 mortos e um refém.

-Tudo bem com você, Ductos? Perguntou o professor de história para a mulher.
[color=green]- Tudo certo, Fausto. Temos nossa entrada já, vamos ver onde ela vai dar.[/green] Disse o Ductos dos Arautos da Noite.

Eles viram e temeram aquela noite. O inferno parecia próximo demais, porém foi detido, graças ao deus todo poderoso, se é que Pierre ainda tinha fé em deus.

(...)

Mais fogueiras encontraram os membros do Sabbath, antes que Pierre e Fausto conseguiessem reportar ao verdadeiro interessado sobre os acontecimentos em Newark. E quando isso aconteceu a precisão dos movimentos de Papa, foram assombroso. Será que poderia se tomar o cargo dele? Se sim, como? Era uma duvida comum.

[to be continue]


_________________________________________________
Gostaria de dançar sua ultima dança em vida, comigo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
 

A inquisição no Século XXI

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Trono Negro :: Vampiro: A Mascara :: Cenários de nosso Recinto :: Newark-